Albert Einstein e a filosofia - carta a Moritz Schlick

Conta-se que Einstein, aos 15 anos de idade, já tinha lido as três críticas de Kant: a Crítica da razão pura, a Crítica da razão prática e a Crítica do juízo. Sua relação com a filosofia, ao que parece, durou por toda a vida. Nesta carta ao filósofo Moritz Schlick, Einstein afirma que, sem seus estudos filosóficos, ele muito provavelmente não teria descoberto a teoria da relatividade especial. Para o gênio da física era clara a relação da filosofia com a ciência.

"Você também reconheceu corretamente que esta linha de pensamento teve grande influência sobre meu esforços, especificamente [Ernst] Mach e ainda mais [David] Hume, cujo "Tratado sobre a natureza humana" eu estudei com paixão e admiração pouco antes de descobrir a teoria da relatividade [especial]. Muito provavelmente eu não teria chegado à solução que cheguei sem estes estudos filosóficos."

(Carta de Albert Einstein a Moritz Schlick, 14 de dezembro de 1915)


0/Deixe seu comentário/Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem